20110612 - Domingo 12 de junho de 2011

Con. Dario Bevilacqua

Do Evangelho que neste domingo, Festa de Pentecostes, é proclamado em nossas celebrações eucarísticas. (João capitulo 20, versículos de 19 da 23)

Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e pondo-se no meio deles, disse: ‘A paz esteja convosco’.

Depois destas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado.
Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.
Novamente, Jesus disse: ‘A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio’. E depois de ter dito isto, soprou sobre eles e disse: ‘Recebei o Espírito Santo.
A quem perdoardes os pecados,eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos’.
Comentarios

Se o Espírito Santo vem sobre a Igreja precisamente no dia em que em Israel se celebrava a festa da lei e da aliança, é para indicar que o Espírito Santo é a lei nova, a lei espiritual que sela a nova e eterna aliança. Uma lei escrita já não sobre tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, que são os corações dos homens. Por isso devemos nos perguntar: vivemos sob a antiga lei ou sob a lei nova? Cumprimos nossos deveres religiosos por constrangimento, por temor e por costume, ou ao contrário por convicção íntima e quase por atração? Sentimos Deus com pai ou como patrão?

Vinde, Espírito Santo!».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *