Terceira Idade

novembro 16, 2015

O Envelhecer

Diferença entre Senescência e Senilidade Fernando de Andréa De acordo com IBGE, a porcentagem de brasileiros com mais de 60 anos na década de 40 era […]
setembro 20, 2010
alt

Terceira Idade

alt

Idade e Felicidade

As fábulas sobre a procura da fonte de juventude nos levaram a crer que o jovem é mais feliz do que o velho. Para ser eternamente feliz deveríamos preservar nossa juventude. Quantas vezes ouvimos adultos dizerem para as crianças que eles eram mais felizes antes do que agora e que elas não deveriam ter pressa em crescer?

setembro 20, 2010

O Envelhecer

Diferença entre Senescência e Senelidade

Fernando de Andréa

De acordo com IBGE, a porcentagem de brasileiros com mais de 60 anos na década de 40 era de aproximadamente 4% e a estimativa para 2020 é alcançar 12% da população. Além do envelhecimento da população total, a proporção de pessoas com idade acima de 80 anos está aumentando substancialmente. No ano de 2007 a porcentagem deste grupo etário atingiu 1,4% da população brasileira, algo em torno de 1,6 milhões de pessoas.

A existência humana é marcada, nos seus extremos, por dois fenômenos opostos, a vida e a morte. O ser humano então, passa pela infância, atravessa a mocidade, atinge a maturidade e, finalmente, chega à velhice. Aparecem, então, os primeiros sinais evidentes da usura de todo o organismo (Rosa, 1983).

setembro 19, 2010
alt

O Idoso, Depressão e Atividade Física

alt

Fernando de Andréa

O envelhecimento traz para os indivíduos alterações progressivas, quer nos aspectos funcionais, quer nos motores, psicológicos e sociais. Estas alterações variam de um indivíduo para outro e são influenciadas, tanto pelo estilo de vida quanto por fatores genéticos. Dentre as modificações provenientes do envelhecimento destaca-se a diminuição da capacidade funcional do indivíduo ocasionada principalmente, pelo desuso físico e mental (NIEMAN, 1999).
Estudos demonstram que cerca de 25% da população idosa mundial depende de alguém para realizar suas atividades da vida diária (ANDREOTTI; OKUMA, 1999).