Vida Afetiva

novembro 16, 2015

Casamento

O casamento está intimamente ligado à felicidade. O National Opinion Research Center, instituto de pesquisa da opinião pública, entrevistou 35 mil pessoas nos EUA nos últimos […]
setembro 20, 2010

Vida Afetiva

Como vida afetiva consideramos os relacionamentos em geral, divididos em dois tópicos principais: 1) Amor ou Relacionamento Amoroso: definido como uma relação romântica estreita com outra […]
setembro 20, 2010

Afetividade

Além de nossas habilidades físicas e intelectuais, necessitamos desenvolver nossas habilidades afetivas. Da mesma forma que aprendemos a ler, aprendemos a ser afetuosos.    Talvez tenha sido essa a mudança mais importante nas relações familiares nessa geração. Nossos pais eram autoridades. Na geração atual, muitos pais são companheiros. Abraçar, beijar, afagar e expressar amor de forma explícita são atitudes que se incorporam às relações familiares. A geração atual trata os adultos por “você” sem que isso seja encarado como falta de respeito. O que houve foi maior proximidade e a introdução do diálogo.

setembro 20, 2010

Casamento

O casamento está intimamente ligado à felicidade. O National Opinion Research Center, instituto de pesquisa da opinião pública, entrevistou 35 mil pessoas nos EUA nos últimos 30 anos e destacou que 40% das casadas se disseram muito felizes, enquanto apenas 24% das solteiras, divorciadas, separadas e viúvas tinham essa opinião.
 
Entretanto, entre aqueles que vivem casamentos que consideram “não muito felizes”, o nível de felicidade é mais baixo que o dos solteiros ou divorciados. Há de se considerar aqui que pessoas que já são mais felizes, têm boa aparência e são mais sociáveis, possuem maior probabilidade de se casar e manter o casamento. Indivíduos deprimidos tendem a ser mais retraídos, irritáveis e voltados para si, o que os torna parceiros menos interessantes. (Seligman, 2002).